Castello Banfi em Montalcino – almoço, vinhos e visita à vinícola que produz o Brunello -ITALIAna

  • admin
  • Geral
  • Nenhum comentário

Montalcino é uma província da Toscana conhecida mundialmente pelo famoso vinho Brunello, que leva o nome da região como sobrenome: BRUNELLO DI MONTALCINO.

Na minha última viagem pela Toscana, em outubro, dediquei um dia inteirinho para conhecer o Castello Banfi, um dos principais produtores de vinho da Toscana.

A vinícola foi fundada pelos irmãos ítalo-americanos Mariani em 1978 com o objetivo de elaborar vinhos de qualidade em grande escala.

banfi-vista

banfi-vista-1

A propriedade chamada Poggio Alle Mura possui 2830 hectares que se estendem do sul de Montalcino até o Val d’Orcia, um dos pedaços mais lindos da Toscana, na minha opinião. Um terço deste terreno é coberto de vinhedos e o restante é ocupado por oliveiras, árvores frutíferas e bosques. Dali saem os vinhos Brunello, Rosso e Moscadello di Montalcino.

Minha visita começou às 12h00 na Enoteca Banfi, um lugar enorme que recria o ambiente de um verdadeiro armazém toscano, com imponentes estantes e mesas de madeira escura. O prédio era, em época medieval, um depósito de vinhos e com o passar dos anos foi sendo aumentado e revitalizado até chegar no estado que vemos hoje.

banfi-enoteca

banfi-enoteca-4

Assim que você chegar, dirija-se ao bar no fundo do salão. Ali você pode escolher os vinhos que quer degustar. Como almocei no Castello e já iria experimentar os vinhos tintos com os pratos, decidi experimentar os vinhos produzidos no Piemonte com o método clássico e charmat: Banfi Brut, Cuvée Aurora e Cuvée Aurora Rosé.

banfi-enoteca-6

Após a degustação saí às compras. Na Enoteca pode-se comprar todos os vinhos produzidos na Toscana e no Piemonte, além de produtos típicos toscanos. Claro que me empolgo nesses locais e acabei trazendo na mala 9 garrafas, a maior parte Brunello, já que o preço é muuuito conveniente, na faixa dos 40 Euros. Eles embalam muito bem, mas não expedem para o Brasil.

banfi-enoteca-3

banner-afiliadosÀs 13 horas começam a servir o almoço no restaurante Taverna Banfi, antiga cantina onde outrora repousavam os barris de madeira para o afinamento do Brunello.

banfi-almoço-2

banfi-almoço-3

O ambiente refinado e elegante abre para o almoço e a reserva é obrigatória, pois são poucos os lugares disponíveis. Pode-se tanto escolher a la carte como escolher um dos menus de degustação. Eu escolhi o menu degustação 5 pratos + 5 vinhos. Podem rir…mas eu não pretendia de jeito nenhum perder a oportunidade de experimentar tudo o que coubesse (ou não) em mim. Se você é mais comedido do que eu, peça o menu de 3 pratos + 3 vinhos.

banfi-menu

banfi-almoço-1

banfi-almoço-4 As taças se multiplicavam na minha frente!

Os pratos estavam fantásticos! Além de deliciosos, a apresentação, os aromas, as cores e os diferentes sabores me levaram numa viagem interna gastronômica pelas terras toscanas. Deu para entender?

banfi-a,oço-5

banfi-almoço-6

Obviamente a harmonização dos vinhos com os pratos é perfeita!

Assim como é perfeito o ‘timing‘ do staff. Quem já me conhece sabe que detesto quando esperamos o prato demais ou quando a troca dos pratos é muito rápida, quando demoram para encher a taça, enfim…

Acredito que o tempo exato entre o antepasto, primeiro e segundo prato deve ser calculado, equilibrado e acontecer sem que o cliente perceba, de modo a manter o progresso da refeição sem correria nem interrupção. Na Taverna é assim: eles foram per-fei-tos! O almoço durou duas horas e meia.

banfi-restaurante

Às 4 da tarde fui visitar a vinícola, isto é, o local onde os vinhos são elaborados. Distante uns 5 Km do restaurante, cada um deve ir com seu próprio carro, acompanhado de uma guia, que vai na frente.

Através de uma ponte elevada, a guia passa por todas as área importantes da vinificação e pode-se ter uma ideia bem completa de sua elaboração. Da desengaçadeira ao afinamento nas barricas, tudo é explicado de modo didático e sem complicação. Pode-se escolher faze-lo em inglês ou italiano.

vinicola-6

vinicola-8

Mesmo que você não entenda sobre vinhos, o passeio é interessante e educativo. Além do mais, se você tomar 9 taças de vinho como eu, a melhor coisa a fazer é passear um pouco pela propriedade antes de pegar a  direção de novo.

Pode-se hospedar no Castello e, claro, isso facilita muito as coisas…mas eu parti às 18 horas, pois ainda precisava ir para Assis…e encontrar um posto de gasolina!

NA PRÁTICA

Site: www.castellobanfi.com

Endereço: Località Poggio Alle Mura, a 15 Km ao sul de Montalcino. O punico modo de chegar é de carro. Coloque o endereço acima no GPS, mas leve todas as indicações escritas com você. O sinal ali é bem instável.

Almoço

Menu degustação 5 pratos harmonizados com 5 vinhos custa 90 Euros por pessoas; 4 pratos e 4 vinhos custa 80 Euros e 3 pratos e 3 vinhos, 70 Euros. Água, café e grappa estão incluídos no preço (Ah…sim…esqueci de dizer que tomei a grappa também ;)…)

A reserva é obrigatória. Para quem vai almoçar é oferecida uma taça de vinho na enoteca antes do almoço e o tour na vinícola é gratuito.

Visita à vinícola

Quando: De março a outubro a visita à cantina pode ser feita de segunda à sexta-feira às 16 horas. Nos demais meses a visita acontece às 15h30.

Duração: aproximadamente uma hora

Para reservas do almoço ou da visita: [email protected]

Para se hospedar no Castello Banfi – Il Borgo, clique aqui

Continue lendo